segunda-feira, julho 11, 2011

Dumbledore da Vida Real Cria a Primeira Escola de Feitiçaria do Mundo

O feiticeiro Oberon Zell-Ravenheart decidiu que o mundo real precisa de sua própria escola de Hogwarts de magia, assim ele abriu a Velha Escola de Feitiçaria, a primeira academia mágica registrada do mundo. O mestre de 68 anos, de Catoti, Califórnia, dedicou sua vida a estudar as artes ocultas e por isso decidiu criar um estabelecimento acadêmico reconhecido onde ele poderá compartilhar o seu conhecimento com qualquer um que queira aprender.

Assim como a famosa Hogwarts imaginada por J.K. Rowling, a Velha Escola de Feitiçaria ensina 16 matérias de magias diferentes, inclusive matemágica avançada, feitiços, poções, cosmologia, alquimia, uso da varinha, metafísica, etc. Os estudantes são divididos em quatro casas antigas: Ventos, Ondinas, Gnomos e Salamandras e assim como Harry Potter e seus amigos, eles devem aprender a se defender das artes ocultas.

Oberon admite que as pessoas o chamam de "Dumbledore do mundo real" e que gosta de Harry Potter porque aumentou interesse em feitiçaria (e, lógico, os números de alunos dispostos a pagarem para frequentar sua escola), mas não foi a popular saga que o inspirou a se tornar um feiticeiro. Na realidade, ele já era mágico praticante muito antes de J.K. Rowling escrevesse suas histórias. Já nos anos 80 ele praticava a magia, quando conheceu sua esposa, a bruxa Morning Glory, que criou o primeiro unicórnio do mundo. Na verdade é uma cabra que foi operada para ter somente um corno, ainda assim fez bastante sucesso na época e acabaram sendo a principal atração de um circo que visitou todo o Estados Unidos.

Quem acha que isso é uma piada, deve saber que a Escola Cinzenta de Feitiçaria tem hoje 735 estudantes que depois de 7 anos de estudo poderão se formar em artífices da feitiçaria. Os planos da Nova Era estão frutificando.

0 comentários :

Blogger Template by Clairvo