terça-feira, outubro 04, 2011

PROFECIAS, SONHOS E VISÕES - Lucas 16:16 nos diz que a lei e os profetas duraram até João, da mesma forma que o Apóstolo Paulo nos diz que as profecias cessariam (I Co 13:8). A Revelação já está completa por intermédio do Livro de Apocalipse.

Hoje em dia, existem vários movimentos religiosos (espiritismo e movimentos carismáticos) que apresentam uma preocupação excessiva em relação ao assunto sobre sonhos, visões e profecias.


Os meios de comunicação veiculam diariamente propagandas ou programas que tentam cada vez mais tornar esse assunto primordial para nossas vidas. Me recordo quando na virada do milênio fomos impregnados com os 0900 da vida que destilavam solução para todo e qualquer problema através de suas previsões (Norma Blun, Mãe Dinah, Walter Mercado, Dione, Omar Cardoso, etc.)
Por outro lado, esta fixação pelo futuro atingiu também muitos movimentos ditos evangélicos, que a todo instante pregam mensagens baseadas em revelações pessoais de seus líderes, inclusive alguns que se auto-intitulam "Apóstolos" por revelação própria. 
Será que ainda hoje Yaohu fala dessa forma? Que cuidados devemos tomar a esse respeito? Até que ponto é digna de crédito a palavra desses "profetas"de nossos dias? 
Vamos analisar o assunto em três blocos. Para tanto, englobamos todos os movimentos de previsão e astrologia em um grupo chamado espírita; todos os ditos evangélicos, estão juntos em um grupo chamado carismático; E, por fim, vamos ver a posição bíblica. 

1. QUE DIZEM OS ESPÍRITAS 
Os espíritas creditam a mediunidade como sendo um atributo Divino dado aos homens como forma de comunicação com o mundo espiritual. Através da mediunidade, "o deus deles" comunica mensagens passadas, presentes e futuras, utilizando-se da incorporação de espíritos nos médiuns falando por intermédio da vidência, psicografia, visões ou sonhos. Os espíritas dão crédito a mensagens vindas do além, ou seja de antepassados ou entes-queridos mortos. Acreditam, também, na revelação do futuro através de horóscopos, astrologia e da cartomancia e seus jogos de azar (tarô, búzios, etc.). Destacamos alguns trechos de uma publicação espírita onde é defendida essa teoria: 
"Os médiuns possuem uma aptidão especial para servirem de intermediários entre os mundos físico e espiritual... as próprias Escrituras dão a mediunidade como uma herança do homem... o próprio Cristianismo repousa sobre fatos de aparições e manifestações de mortos... manifestações de mediunidade pública continuaram a se dar até quando foi possível porque, à medida que o cristianismo foi-se transformando em religião oficial foi perdendo sua espiritualidade... até que a Igreja Católica declarou que a mediunidade era ilegal, herética e demoníaca... renegou todos os atos mediúnicos de Cristo... foi então que os Espíritos Diretores tiveram que intervir... determinaram o aparecimento de médiuns de ampla capacidade... realmente excepcionais... Kardec... Crookes, Ochorowiez, Flamarion, Leon Denis, Richet, Doyle, Delane... 'o deus' deu ao homem a mediunidade para penetrar o mundo invisível... sua missão é santa... a sensibilidade individual, desenvolvida além dos limites considerados comuns, resulta na faculdade de ver as coisas que os outros não vêm... a isso chamamos vidência... o médium pode ver Espíritos presentes, cores, luzes, formas... cenas representando fatos a ocorrer ou já ocorridos em outros tempos... nesse caso tanto pode o médium ser transportado à região dos fatos, como podem os fatos serem projetados pelos Espíritos Instrutores, no ambiente em que se encontra o médium... os Espíritos também se comunicam por sonhos, tanto os bons como os maus... os médiuns, pois, que se guardem dessas infelizes possibilidades, purificando-se em corpo e espírito... outra forma de incorporação é a manifestação escrita... psicografia... o espírito comunicante utiliza-se do braço e mãos do médium... pela psicografia são produzidos os desenhos mediúnicos e outros trabalhos... " (Edgard Armond – Mediunidade – LAKE Editora) 

"A vida é um jogo, onde a próxima carta é uma incógnita, e o futuro transparece sob uma névoa e não nos deixa enxergar o outro lado. A cartomancia vem se desenvolvendo ao longo de vários séculos, e sua interpretação busca dar-nos uma visão das probabilidades de acontecimentos futuros de nossa vida. Prever-se o futuro é negar-se o presente, mas buscar uma compreensão de suas probabilidades pode ajudar-nos a transforma-lo em algo mais belo e sereno." (Norberto de Paula Lima – Cartomancia – Ícone Editora)

2. QUE DIZEM OS CARISMÁTICOS
Os carismáticos acreditam que Deus ainda hoje fala por intermédio de profetas, visionários e sonhadores. Muitos dão crédito a qualquer palavra proveniente de seus "profetas". 
Poderíamos ressaltar o movimento conhecido como "Congregação Cristã no Brasil", onde dão ênfase na doutrina do Espírito Santo e às profecias e revelações. Nenhum de seus seguidores toma decisões sem ter ouvido uma revelação profética, que pode ser dada por qualquer um dos participantes em pleno culto. Se alguém recebe uma revelação profética, fica em pé e revela aos fiéis. 
Vejamos alguns pensamentos de muitos religiosos em várias épocas acerca desse assunto e que são citados pelos pentecostais como embasamento às suas teorias: 

"Deus revela-se em profecias, visões e sonhos, como repetidamente é testificado nas Escrituras. Com o derramamento do Espírito Santo, todos os crentes, sem distinção de gênero, idade ou status social, recebem a sabedoria e a capacidade de conhecer a Deus." (Simon J. Kistemaker) 

"Profecias, visões e sonhos, as três revelações do Espírito sob a velha aliança, são exaltadas em caráter e unidas como um todo quando, sob a nova aliança, o Espírito Santo entra no coração e ali habita." (John Peter Lange) 

"Os outros dons não tem tanta importância, por mais numerosos que sejam, se comparados com este Dom, quando o próprio Espírito de Deus, o Deus Eterno, entra em nossos corações, habita conosco, governa-nos, guia-nos e dirige-nos. Assim, quanto a essa declaração do profeta Joel, profecia, visões e sonhos são, na realidade, um Dom precioso, isto é, o conhecimento de Deus através de Cristo, iluminado pelo Espírito Santo através do evangelho e convertido em chama de fogo." (Martinho Lutero) 

"Embora os cristãos primitivos rejeitassem o reconhecimento da profecia por intermédio de sonhos como uma intromissão mágica no mundo espiritual. O significado potencial dos sonhos foi confirmado, tanto em textos das Escrituras quanto em experiências pessoais. A maneira dos cristãos primitivos encararem os sonhos fazia parte de uma cultura fixada na antiguidade clássica, que permaneceu praticamente inalterada durante centenas de anos. Apesar de alguns zombarem do fato de se atribuir significado aos sonhos, ou declararem ser isso uma agitação demoníaca, a maioria dos escritores da antiguidade mais recente concorda com a famosa afirmação de Tertuliano de que sonhos (e visões) são uma fonte importante de conhecimento sobre o mundo divino." (Everett Ferguson)

3. QUE DIZEM AS ESCRITURAS 
"...os vossos jovens terão visões e os vossos velhos sonhos..." Atos 2:17 
É nesse clima, que surgem os "profetas dos absurdos". Por uma interpretação errada das Escrituras Sagradas que colocam esse versículo para os nossos dias, sendo que não é, o povo perece. Cristo já dizia: "Errais por não conhecer as Escrituras." (Mt 22:29). Em uma determinada "Igreja Pentecostal", um de seus líderes afirmou que tivera uma visão em que fora-lhe revelado que no céu existe um anjo com uma régua em sua mão com a qual mede o cabelo das mulheres. Se constatado que a mulher cortou o cabelo, ela era lançada no inferno. A Bíblia nos ensina que os crentes de Beréia só aceitaram os ensinos de Paulo depois de verificar que estavam de acordo com as Escrituras (Atos 17:10-12). 

a. Práticas espíritas 
O ser humano é fascinado pelo futuro. A astrologia continua sendo um grande sucesso, tendo rendido milhões de reais aos seus porta-vozes. O dicionário nos dá a definição de médium como sendo um intermediário entre os vivos e os mortos. Como podemos aceitar tais fatos se Yaohu através de Sua Palavra nos alerta quanto ao ocultismo e essas práticas espíritas de consultas a horóscopos, jogos de azar, astros e mortos? (Lv 19:31;20:6; Dt 13:1-3; 18:9-14; Is 8:19; II Co 11:14) 
Mas preocupação pelo futuro não é característica somente daqueles ligados ao ocultismo. Vários grupos religiosos tem demonstrado um fascínio desequilibrado com relação ao assunto, a ponto de marcar datas para a volta de Cristo ou o fim do mundo. 

b. Predições falsas com relação à volta de Cristo. 
À medida que se aproximou o ano 2000, foi-se formando ao nosso redor um clima de expectativa e inquietação. É aí que surgiram os "profetas da volta de Cristo". É citado com muita freqüência um "versículo" que não consta na Bíblia: "Mil passará e dois mil não chegará". Vários adeptos da Nova Era, também conhecido como Era de Aquário, achavam que o ano 2000 iria inaugurar um período de Paz, prosperidade e harmonia. No final do primeiro milênio, houve um movimento parecido em que muitos acreditavam que o fim do mundo estaria chegando: 
Com a aproximação do dia 31 de dezembro de 999 houve um derramamento de amor. Os armazéns distribuíram comida, os inimigos fizeram as pazes, os criminosos foram libertados, as dívidas foram esquecidas. Mas, ao entrar o novo ano, tudo voltou ao normal. 
Os comerciantes pararam de distribuir suas mercadorias, os prisioneiros foram recapturados, as dívidas foram relembradas, e a vida continuou como se nada houvesse acontecido. (Ron Rhodes) 
Os Adventistas do Sétimo Dia chegaram a marcar a volta de Cristo para outubro de 1844 e erraram.
As Testemunhas de Jeová marcaram o evento para 1914, 1918, 1925, 1941 e 1975. Erraram todas. Previram que em 1925 todos os justos do Antigo Testamento ressuscitariam. Compraram inclusive mansões para hospedarem Abraão, Isaque, Jacó e outros. Erraram. Seus líderes saíram em público para desculparem-se de suas predições erradas. 
Nós poderíamos citar várias outras previsões que falharam: 
· Arrebatamento em 1988 – Edgar Whisenant (EUA) escreveu o livro: 88 razões porque o arrebatamento poderia ser em 1988. Vendeu mais de 4 milhões de exemplares do livro. Falhou. Lançou um novo livro: O grito final: anúncio do arrebatamento de 1989. Muitos ainda compraram o livro, e de lá para cá ele vem reeditando o livro com uma data diferente. 
· Grupo Alto Clamor (Rio de Janeiro) profetizou para 28/09/92 a destruição de todos os povos inimigos de Yaohu. Erraram. E possuem ainda mais algumas profecias interessantes: 20/09/1999 (fechamento da porta da graça); 30/09/2000 (sétima praga e o livramento de seu povo); 14/10/2000 (volta de Cristo) 
· Grupo Adventista do Sétimo Dia, o Remanescente (Brasília) anuncia o fechamento da porta da graça para março de 2005 
· Valnice Milhomens, em seu programa Palavra da Fé transmitido em 1990, profetizou a volta de Cristo para um Sábado no ano de 2007. 
· Agora recentemente o Grupo religioso Family Radio anunciou o fim do mundo para 21 de maio de 2011. Bem, não preciso dizer que também falharam.
A Bíblia é clara em Dt 18:21,22 que se o profeta falasse e a palavra não se cumprisse, a profecia não era de Yaohu. Nunca vimos na Bíblia um profeta sair se desculpando por haver falhado em uma profecia. 
O que poderíamos dizer com relação a essas profecias? Simplesmente o que a Palavra nos diz em Mt 24:36-43 (daquele dia e hora ninguém sabe, senão o Pai); Mt 24:45-50 (será uma surpresa); I Ts 5:1-4 (virá como um ladrão). O Senhor Salvador Yaohushua virá quando Ele quiser e não porque eu creio de uma forma ou outra. Ninguém possui uma teologia capaz de determinar quando Ele virá. Tudo o que sabemos é que Ele virá. 

c. Profecias, sonhos e visões 
Lc 16:16 nos diz que a lei e os profetas duraram até João, da mesma forma que o Apóstolo Paulo nos diz que as profecias cessariam (I Co 13:8). A Revelação já está completa por intermédio do Livro de Apocalipse. 
Ninguém mais pode acrescentar, nem retirar nada das Palavras deste Livro (Ap 22:18,19). O Pai Celestial já falou por intermédio de profetas, visões, sonhos, mas hoje nos fala por intermédio de Cristo (Hb 1:1,2). 
Nenhuma doutrina nova mais virá por intermédio de ninguém. A própria Bíblia adverte que mesmo que um anjo nos viesse pregar uma nova doutrina ele seria maldito (Gl 1:7,8). Os Mórmons, por exemplo, pelo fato de acreditarem que ainda hoje existem profetas, fundaram sua seita em cima das profecias de Joseph Smith. Nós não poderíamos refutá-los, se ainda hoje crêssemos que existem profetas, mas como não existem, seus ensinos são mentirosos. 
Não podemos, é claro, limitar o poder e a forma de Yaohu falar conosco de uma forma individual. Muitas vezes um sonho pode ser um alerta para nós, mas por outras vezes pode ser fruto de uma feijoada ou de uma má digestão. 
Não podemos ficar pedindo que Ele nos fale unicamente por intermédio de sonhos ou visões, mas precisamos saber ter o discernimento de ouvir Ele nos falar por Sua Palavra. A Fé vem pelo ouvir, e o ouvir a Palavra (Rm 10:17) e não sonhos ou visões. 
Se tivermos que decidir entre um sonho, uma visão ou a Sua Palavra, devemos ficar com a Sua Palavra. [joel barbosa]

0 comentários :

Blogger Template by Clairvo