quinta-feira, janeiro 12, 2012

Sociedade dos Drogados

Publicado em janeiro 6, 2012 por apocalipsetotal

Entenda melhor essas duas classes sociais de drogados que a NOM está criando.

Inspirados no princípio do cristo cósmico Baha’u’llah sobre o fim de toda forma de preconceito, os políticos do Brasil tem colocado em prática as estratégias mais absurdas.

Isso pode ser visto no tratamento diferenciado que os viciados de Maconha e Crack recebem.

1) Os maconheiros

Os maconheiros possuem o apoio de políticos de direita como FHC. Esse grupo mais “intelectualizado “ sempre recebem pesquisas pró maconha ridículas para ajudar na divulgação e no futuro mercado de sementes da erva como nessa notícia bizarra abaixo :

“Maconheiros de meia idade têm mentes mais “afiadas” – Um estudo britânico sugere que pessoas na meia idade que usaram ou ainda usam drogas não tiveram o cérebro danificado. A pesquisa foi publicada pelo “American Journal of Epidemiology”. Pesquisadores do King’s College, em Londres, estudaram milhares de pessoas com 50 anos e descobriram que aqueles que tinham usado drogas ilícitas, principalmente a maconha, tiveram um desempenho melhor do que os outros nos testes de memória e de outras funções cerebrais…”

O mercado de sementes promete ser “promissor” usando anúncios como esse:


Como vimos em vários posts anteriores, a maconha faz com que os olhos espírituais de algumas pessoas se abrem, criando assim uma ponte com o cristo cósmico Baha’u’llah.

2) Os zumbis do crack

Eles movimentam fortunas em recursos para prefeitos e governos através de falsos programas de recuperação . Com medo do plano anti crack do PT, o prefeito de São Paulo (PSDB ou sei lá que sigla estão usando agora) está espalhando os zumbis pela cidade em busca de votos para a eleição desse ano.

‘Pregão do crack’ atrai cerca de 300 usuários no centro de SP - “Olha a pedra, olha a pedra de 5! Pedra de 5!” Eram 20h30 de ontem, quando, na esquina da avenida Rio Branco com a rua dos Gusmões, centro de São Paulo, abriu-se o feirão de crack, vendido aos gritos, como se fosse produto legal. Cerca de 300 usuários da droga arremataram suas pedras. A quatro quadras dali, do outro lado da avenida Rio Branco, pelo menos 30 carros de polícia com os giroflex vermelhos ligados anunciavam a ocupação do território da cracolândia pelas forças da ordem. Ruas tranquilas, poucas pessoas nas calçadas. Uma cidade normal? “Você prefere tratar um câncer localizado? Ou com ele espalhado por todo o corpo? É isso o que estamos fazendo: espalhando o câncer.” , diz um dos policiais entrevistados para o jornal.

O importante é que eles permaneçam andando sem destino pelas ruas até que sejam batizados pelo falso espírito santo. Depois desse acontecimento serão ferramentas úteis para a diminuição da população mundial devido a agressividade e se tornarão uma mão de obra barata para assassinatos durante a Grande Tribulação.

Conclusão: Os drogados com mentes afiadas (maconha) governam sobre os de mente cega (zumbis do crack).

0 comentários :

Blogger Template by Clairvo