sexta-feira, setembro 14, 2012

A Música Gospel (evangélica e católica) não é louvor ao Criador!

É triste como as pessoas são enganadas e se deixam enganar por qualquer coisa que “tem aparência” celeste.

Paulo é explícito ao afirmar que quando nos ajuntamos (congregamos, reunimos), cada um de nós terá salmo, terá doutrina, terá revelação, terá língua, terá interpretação, porquanto, faça-se tudo para edificação [1Coríntios 14];

Em nenhum momento, através da Palavra de [contida na Bíblia] encontramos admoestação, exortação ou orientação de que as músicas seriam forma de ‘louvor’ ao Pai, ou que, quando estamos congregando com nossos irmãos deveríamos cantar músicas. 

Presenciamos nos lugares apelidados de “igrejas”, verdadeiros shows religiosos, há alguns (para na dizer a maioria) que assusta aos que pela rua passam, uma barulheira infernal; são em verdade, casas noturnas religiosas embaladas por músicas e que de santo nada possuem, é o profano eclesiástico adentrando aos corações... 

... e o pior, é que os que ali estão, creem que as músicas são louvores, e no frenesi da emoção nas melodias, na carne, choram, pulam, cantam, gritam, e acreditam (pela emoção, não pela mente de Cristo) que Yaohu (Pai) deveria estar adorando aqueles momentos;

Advertência do Criador Yaohu: 

“Afasta de mim o estrépito dos teus cânticos; porque não ouvirei as melodias das tuas violas.” [Amós 5] 



A única verdade de Deus aos louvores, aos que adoram a Deus em espírito e em verdade, nos diz: 

“Portanto, ofereçamos sempre por Ele (Cristo) a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o Seu nome.” [Hebreus 13]

Fonte: Desigrejados

0 comentários :

Blogger Template by Clairvo