quarta-feira, junho 12, 2013

15,3 milhões de brasileiros declaram que não seguem religião

Em 50 anos, os sem religião cresceram de 0,6% para 8%.

No censo de 2010, 15,3 milhões de brasileiros declararam não ter religião — o que corresponde a 8% da população daquele ano. Desse total, 615,1 mil afirmaram que são ateus e 124,4 mil agnósticos. As informações foram divulgadas hoje pelo IBGE. 

No período de 50 anos, o número dos sem religião teve um crescimento expressivo, porque era de apenas 0,6% da população. Em 2000 eram quase 12,5 milhões (7,3%).

Na maioria (47,1%), eles são pardos, seguidos pelos brancos (39,6%), pretos (11,1%), amarelos (1,5%) e índios (0,8%). Do total, 13,742 milhões estão na área urbana.

A cidade de Chuí, no extremo sul do Rio Grande do Sul, apresentou o maior percentual de pessoas não religiosas, com 54% da população. A cidade tem cerca de 5.000 habitantes e fica a 525 km de Porto Alegre.

Os sem religiões são mais expressivos na faixa etária de 30 a 39 anos, com 2,606 milhões.

Do total, 64,4% ganham de 0 a 1 salário mínimo. 25,5% estão na faixa de 1 a 3, seguidos por 7,9% (de 3 a 10) e por 2,1% (mais de 10 mínimos). Entre eles, existem 152,3 homens para cada cem mulheres.

O grupo dos sem religião é o terceiro maior no quesito religiosidade (ou falta dela). O maior é o dos católicos, que correspondem a 64,6% da população, e o segundo, os evangélicos (22,2%).

0 comentários :

Blogger Template by Clairvo