quinta-feira, julho 18, 2013

2.550 ABORTOS REALIZADOS NO URUGUAI EM 6 MESES

Segundo dados do Ministério da Saúde Pública do Uruguai, desde que a lei de interrupção voluntária da gravidez foi aprovada há seis meses, já são contabilizados 2.550 abortos. A informação foi reportada pelo jornal El Nuevo Herald, de Miami (EUA).

Cáculos da autoridade indicam que foram realizados uma média de 426 abortos por mês, destacando que não se registraram mortes maternas, a não ser dos nascituros.

O Uruguai é governado pelo comunista e ex-terrorista tupamaro Pepe Mujica integrante do Foro de São Paulo, a organização comunista criada por Lula e Fidel Castro em 1990 e que tem reunião marcada em São Paulo no final deste mês.

A legalização do aborto no Uruguai teve forte repúdio de parte da população obrigando a uma consulta popular, o referendo. Entretanto, esse referendo fracassou pelo fato de que apenas 25% do eleitorado participou.

Notem que no Uruguai, como na Venezuela, Equador e Bolívia, países onde o Foro de São Paulo já conseguiu implantar o tal “socialismo do século XXI”, eufemismo usado para escamotear o verdadeiro nome desses regimes comunistas, os mecanismos democráticos, como o referendo e plebiscto são manipulados para aprovar tudo o que interessa ao regime.

Em tempo: Pepe Mujica também pretende estatizar o fornecimento da maconha e demais entorpecentes.

2 comentários :

  1. Em resposta ao post, é possível alguém ser a favor ou contra o aborto dentro do útero da mãe?? não
    Nós conseguimos pensar e formar nossa opinião dentro de um útero?? não
    Não use esse argumento, ele pode parecer bom mas, é no minimo estranho!!

    ResponderExcluir

Blogger Template by Clairvo