quinta-feira, agosto 29, 2013

Câmara corrupta protege parlamentar presidiário. É Fato!

Em votação secreta realizada ontem (28/08/2013), a Câmara dos Deputados rejeitou a cassação do mandato do deputado federal Natan Donadon, atualmente sem partido.

Dos 405 parlamentares presentes à sessão, 233 votaram pela cassação, acatando parecer aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça, número insuficiente para decretar a perda do mandato de Donadon, já que para isso eram necessários 257 votos.

O que se lamenta é o número de abstenções (41) e de votos pela manutenção no Parlamento de um bandido que desde 28 de junho está trancafiado no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, cumprindo pena de 13 anos de reclusão pela prática dos crimes de peculato e formação de quadrilha pelo Supremo Tribunal Federal - STF, decisão que já transitou em julgado.

Dizem que bandido que rouba ladrão tem 100 anos de perdão. Será que a máxima também se aplica ao parlamentar corrupto que protege outro parlamentar corrupto? A resposta, com certeza, está nas ruas, onde devemos buscar o fim da votação secreta, esse artifício sujo e imoral que o Parlamento brasileiro utiliza para acobertar e proteger criminosos. Somos o primeiro país do mundo a ter um deputado presidiário. Vergonha Nacional!

Um comentário :

  1. Muita Paz Valério Yarmyaohu.
    gostaria de saber de vc tem algum estudo sobre os livros apócrifos sobretudo o de Enoc. Grato pela informação, seja muito Abençoado!

    ResponderExcluir

Blogger Template by Clairvo