domingo, abril 14, 2013

Maria Sapatão, gritava parte do público no show de Daniela Mercury no Rio

A cantora Daniela Mercury fez, na noite deste sábado (13), o primeiro show no Brasil depois que revelou publicamente ser casada com outra mulher.

Ela se apresentou no Viradão Carioca, no Parque de Madureira, no bairro homônimo, zona norte do Rio de Janeiro.Antes de Daniela chegar, parte do público - estimado em mil pessoas - que se concentrava em frente ao palco cantava as marchinhas de Carnaval Maria Sapatão e Olha a Cabeleira do Zezé, em alusão à revelação da bissexualidade da cantora.

Ao se apresentar para o show, Daniela conversou rapidamente com a imprensa, e evitando responder perguntas sobre a vida pessoal, disse que tem recebido bastante apoio do público depois de dizer que é bissexual.

"Sou uma artista querida. Sinto que não só o Brasil, como o mundo, me adora. Isso é óbvio", afirmou, em entrevista coletiva relâmpago. A companheira de Daniela, a jornalista Malu Verçosa, acompanhava tudo à distância.

Questionada sobre a questão dos direitos humanos, Daniela respondeu que já milita na área há muito tempo, sendo, inclusive, embaixadora do tema na ONU. Ao subir no palco, antes de cantar a primeira música, Canto da Cidade, mandou o recado: "salve o amor, a liberdade e os direitos humanos".

"Fora Feliciano, esse País não merece um deputado como esse", disse Daniela para demonstrar seu descontentamento com deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) na presidência da Comissão de Direitos Humanos (CDH) da Câmara. Feliciano enfrenta críticas desde que foi eleito presidente da CDH devido a declarações feitas por ele, no Twitter, de cunho racista e homofóbico.

Ainda repercutindo o caso, um espectador abriu um cartaz escrito "Daniela me representa". Ela citou a homenagem e disse que se sentia muito honrada.
Fonte: informações do Terra

0 comentários :

Blogger Template by Clairvo