terça-feira, agosto 23, 2011

Fim da Dependência do Petróleo?

A tecnologia que vai livrar o Mundo do combustível fóssil está aqui. A partir de 2012 todos os veículos movidos a água vão começar a inundar o mercado e evaporará a necessidade de petróleo. Em 2012 tudo que você vai precisar para alimentar o seu veículo é um litro de água – qualquer tipo de H2O para ser mais exato, água do oceano, rio, chuva, torneira ou mesmo qualquer tipo de chá.

A empresa japonesa de tecnologia de energia limpa Genepax foi talvez a primeira empresa a demonstrar publicamente como é possível abastecer um carro usando nada além de água. ”A principal característica deste carro é que nenhum combustível adicional é necessário. O carro vai continuar rodando desde que você tenha água para abastecer.”

De acordo com a Reuters, quando o tanque de combustível na parte traseira do carro é abastecido com água, o gerador de energia retira o hidrogênio da água e os elétrons são liberados e finalmente é gerado eletricidade que alimenta o motor elétrico.

A base do sistema é o conjunto de membrana de eletrodos (ou MEA), que contém um material capaz de quebrar as moléculas de água transformando assim a água (H2O) em moléculas de Hidrogênio e Oxigênio, alimentando o motor elétrico. Vídeo aqui.

Esse veículo representa uma ameaça para as companhias de petróleo dos Estados Unidos. Esta tecnologia fará com que as guerras de agressão dos EUA contra o Iraque, Afeganistão e Líbia sem sentido. Os EUA investiram trilhões de dólares para invadir países ricos em petróleo. Os EUA estão usando mercenários para provocar rebeliões nos países que cercam o Irão. Os EUA estão impondo sanções contra a Síria não porque a Síria está matando civis inocentes, mas porque a Síria está matando os mercenários da CIA que são pagos pelo governo dos EUA para criar rebeliões que serão usados pelos EUA para invadir esses países. Apenas nove dias após 9/11 o governo dos EUA já havia decidido invadir o Iraque, Síria, Líbia, Somália, Sudão e por último o Irão.

Em uma entrevista com Democracy Now’s Amy Goodman em março de 2007, o general aposentado dos EUA, Wesley Clark, ex-comandante geral do comando europeu dos EUA, e ex-candidato presidencial, revelou que ele havia discutido com altos comandantes militares sobre os planos do governo dos EUA de atacar o Iraque, Síria, Líbano, Líbia, Somália, Sudão e Irão. Por que invadir esses países? Petróleo, gás natural e controle de pontos estratégicos. A meta dos EUA é tirar as reservas de petróleo e gás natural do Oriente Médio. Eles pretendem usar a força militar para elevar os custos do combustível e controlar o fornecimento de petróleo para o Mundo.

Todos os planos e guerras de agressões imperiais dos EUA contra Oriente Médio custaram trilhões de dólares e causaram a morte de 1 milhão de civis (só no Iraque) e a morte de 70 mil soldados estadunidenses, mortes sem sentido se uma nova fonte de combustível se tornar disponível. Uma nova fonte de combustível, mais eficiente e ecológica está disponível hoje. Esse combustível é o H2O. A água cobre 70,9% da superfície do planeta. Os oceanos representam 97% da água disponível na Terra. Excluindo a água dos oceanos, apenas 2.75% são água doce, 2,5% estão congeladas em geleiras, 0.68 por cento são águas subterrâneas e 0,11 por cento estão nos lagos e rios. Isso significa que pelo menos 97% da água no planeta está disponível para serem usados como fonte de combustível.

O que aconteceria se uma grande montadora começar a produzir e vender veículos movidos a água? O preço do petróleo entraria em colapso. A Fraude do Aquecimento Global já não seria um problema para humanidade (sem mais emissões de CO2, fim do imposto sobre a emissão de dióxido de carbono). Doenças como câncer e problemas respiratórios causados pela poluição de combustíveis fósseis desapareceriam, as empresas farmacêuticas sofreriam perdas maciças nos lucros. As pessoas teriam vidas mais saudáveis e mais dinheiro em seus bolsos. As guerras contra o terror e os conflitos no Oriente Médio terminariam.

0 comentários :

Blogger Template by Clairvo