domingo, março 04, 2012

Pela Primeira Vez, Metade da População Judaica em Israel Apoia a Reconstrução do Templo



Normalmente muito secularizada, a população de Israel nunca mostrou forte apoio pela reconstrução do templo. Mas, agora, isto está mudando.

O Altíssimo Pai continua a operar Seu plano profético para o moderno Israel, apesar da resistência determinada dos líderes judeus comprometidos com os planos dos Illuminati naquele pequeno país. Como Yaohu trouxe Israel da "sepultura das nações", em cumprimento a Ezequiel 37, a profecia da "Visão dos Ossos Secos", os israelense são tão secularizados que a maioria deles nunca apoiou a ideia de reconstruir o Terceiro Templo. Eles não se interessam pelo fervor dos judeus religiosos e sabem que qualquer tentativa israelense de reconstruir o templo deflagraria uma conflagração com os árabes que não teria paralelos na história moderna.

Mas, o Espírito Santo está trabalhando e fazendo hora extra em Israel hoje para que Suas profecias de um Terceiro Templo reconstruído sejam cumpridas. Observe a seguinte importantíssima profecia referente à certeza absoluta que essas profecias em particular serão cumpridas.

"Porque Yaohu tem posto em seus corações, que cumpram o seu intento, e tenham uma mesma ideia, e que deem à besta o seu reino, até que se cumpram as palavras do Criador." [Apocalipse 17:17].

Aí está. Yaohu predisse que todas as Suas profecias serão cumpridas e isso inclui as profecias a respeito de um Terceiro Templo. Vejamos agora a matéria que vamos analisar aqui.

Resumo da Notícia: "Metade do Público Quer Ver o Templo Sagrado Reconstruído", Hillel Fendel, Israel National News, 18/7/2010.

"Metade do público israelense quer que o Templo Sagrado (Beit HaMikdash) seja reconstruído... A pesquisa foi realizada antes deste Dia Nacional da Lamentação, conhecido como Tisha B'Av, em que os dois templos sagrados em Jerusalém foram destruídos, 2.000 e 2.500 anos atrás, respectivamente."

"Dos respondentes, 49% disseram que querem a reconstrução do Templo Sagrado, enquanto que 23% disseram que não querem. O restante declarou não ter certeza. O público está dividido quase equitativamente sobre se acredita que isto acontecerá, com uma pequena margem de 42% contra 39% para aqueles que acreditam que o Terceiro Templo Sagrado será reconstruído. Deve o governo de Israel adotar medidas ativas para permitir essa reconstrução? Dos respondentes, 48% acham que não, enquanto que 27% acham que sim."

O mundo islâmico não aceitará pacificamente o menor indício que Israel esteja reconstruindo o Terceiro Templo, pois isto significará que o Domo da Rocha islâmico será derribado, e isto significa guerra total. Todavia, os Illuminati estão planejando fazer exatamente isto — destruir o Domo da Rocha por meio de um terremoto. Veja:

Domo da Rocha - Israel
Em total concordância com esta profecia, o plano da Nova Ordem Mundial prevê que o Domo da Rocha seja reduzido à 'ruínas' imediatamente antes do aparecimento do Anticristo. O autor illuminista Peter Lemesurier escreveu um livro muito interessante em que dedica os 15% finais a descrever — com grande detalhe — como o vindouro Anticristo (o Novo Davi) vai agora enganar os judeus a pensar que ele é o Messias. Veja o que ele disse:
"... pode ser possível para o Novo Davi ir montado a Jerusalém em toda sua resplandente majestade. Observe a palavra 'montado'... em um jumento, conforme predito em Zacarias 9:9... seria aconselhável para o novo Davi repetir isto, com o jumento e tudo... A rota da procissão estará, é claro, diretamente após o ribeiro de Cedrom, o mais perto possível do Monte do Templo... ele precisa ser devidamente entronizado e ungido com azeite (um símbolo de Salmos 45:6-7) no meio das ruínas do domo da Rocha..." [The Armageddom Script, pg 233-35].

A principal questão que tenho se refere ao tempo da destruição do templo. Ocorrerá essa destruição no dia Tish B'Av, o evento mais solene no calendário judaico, seja lá em que ano ocorrer? Acredito que isto seja possível. Vamos primeiro revisar o significado desse evento.Veja o que está escrito na Enciclopédia Wikipedia:

"O jejum comemora dois dos eventos mais tristes na história judaica — a destruição do Primeiro Templo (construído originalmente pelo rei Salomão) e a destruição do Segundo Templo. Esses dois eventos ocorreram separados por 656 anos, mas ambos no mesmo mês de Av e, conforme a tradição, ambos no dia 9."

O autor cristão Grant Jeffrey observa que o dia 9 de Av "se tornou o dia quando os judeus não somente lamentam sua perda, mas também olham para aquele grande dia quando seu Messias finalmente aparecerá para dar fim aos seus séculos de sofrimentos." (Grant Jeffrey, Armageddon: Appointment With Destiny, pág. 72).

Em seguida, Jeffrey observa oito dias de desastres que vieram sobre os judeus no dia 9 de Av, durante seus anos, tanto como nação e durante os aproximadamente 1900 anos de Diáspora.

Desastre 1 — Os doze espias retornaram com seu relatório, dizendo que Yaohu não poderia entregar os povos que viviam na Terra Prometida em suas mãos, como tinha prometido. Israel perdeu a fé em Yaohu e aquela geração foi condenada a morrer ao longo de 40 anos de peregrinação no deserto.

Desastre 2 — O Templo construído por Salomão foi destruído pelos babilônios em 587 AC.

Desastre 3 — Os romanos destruíram o Segundo Templo no ano 70, desse modo cumprindo diretamente a profecia do Salvador em Mateus 24:2.

Desastre 4 — O Exército romano trilhou Jerusalém com arados e a salgou no ano 71.

Desastre 5 — Os romanos destruíram o exército de Simão Bar Cochba no ano 135. Essa vitória selou o destino de Israel como nação. Israel foi efetivamente aniquilado após essa vitória romana; os sobreviventes foram colocados para fora do país e proibidos de retornar. A Grande Diáspora foi oficialmente iniciada.

Desastre 6 — A Inglaterra expulsou todos os judeus em 1290. Verdadeiramente, Yaohu cumpriu a ameaça que proferiu 2.000 antes de Jesus Cristo, se Israel não obedecesse Seus mandamentos: "E o SENHOR vos espalhará entre todos os povos, desde uma extremidade da terra até à outra; e ali servireis a outros deuses que não conheceste, nem tu nem teus pais; ao pau e à pedra. E nem ainda entre estas nações descansarás, nem a planta de teu pé terá repouso; porquanto o SENHOR ali te dará coração agitado, e desfalecimento de olhos, e desmaio da alma. E a tua vida, como em suspenso, estará diante de ti; e estremecerás de noite e de dia, e não crerás na tua própria vida." [Deuteronômio 28:64-66].

Desastre 7 — A Espanha expulsou os judeus no ano 1490. [O mesmo comentário anterior se aplica aqui.]

Desastre 8 — A Primeira Guerra Mundial foi declarada nesta data, no ano de 1914, colocando a Rússia na guerra e fazendo o governo czarista lançar grandes perseguições contra os judeus na Rússia Oriental. (Ibidem, pág. 73).

Finalmente, nas páginas 80-81, Jeffrey lista as probabilidades matemáticas de oito eventos ocorrerem no mesmo dia na história de uma nação. Considere esta informação com atenção e veja sua fé aumentar subitamente, pois essas probabilidades demonstram que Yaohu ainda está lidando com Israel como Seu povo da aliança, embora os atuais líderes da nação estejam servindo ativamente a Satanás neste momento.

"Na verdade, se algum de meus leitores tiver inclinação para a matemática, sugiro que verifique a probabilidade que essas oito tragédias históricas possam ter ocorrido por acaso, em vez de por conhecimento prévio e soberania de Yaohu."

"Como existem 365 dias no ano, a probabilidade de que uma segunda tragédia histórica significativa ocorra por acaso na data do aniversário de uma tragédia anterior em qualquer dia determinado, digamos, o dia 9 de Av... é uma chance em cada 365. A probabilidade que um terceiro evento similar ocorra no mesmo dia exato, o dia 9 de Av é: 1 x 365 x 365, ou 133.225."

"Em outras palavras, a probabilidade de somente três desses desastres ocorrerem por acaso somente no dia 9 de Av é uma chance em 133.225.

"A probabilidade que todos os oito eventos tenham ocorrido por puro acaso no dia 9 de Av, em vez de por plano de Yaohu, é igual a:

1 x 365 x 365 x 365 x 365 x 365 x 365 x 365 x 365 =
1 chance em 863.078.009.300.000.000
ou
1 chance em 863 zilhões

Como você pode ver, Yaohu verdadeiramente tem Sua mão sobre o povo judeu. Israel retornou à sua terra em maio de 1948, "mas não havia neles espírito", como predisse Ezequiel 37:8; em outras palavras, estava predito que Israel retornaria à sua terra sem uma crença no Espírito Santo que testifica somente de Jesus Cristo. Os cristãos bíblicos deveriam esperar que Israel voltasse a ser uma nação em um estado de incredulidade.

Essa incredulidade então prepara o povo judeu para ser enganado pelo Anticristo. Eles pensarão que ele é o Messias (veja Daniel 9:27 e Mateus 24:15). Após o Anticristo sair do templo, em cumprimento a Mt. 24:15, ele iniciará a maior de todas as campanhas na história para aniquilar os judeus, porém Yaohu permitirá que ele mate somente dois terços, exatamente conforme predito em Zacarias 13:8-9.

Bem no alto da lista de prioridades de pessoas a serem mortas, o Anticristo colocará os líderes atuais de Israel. O Espírito Santo inserirá esse pensamento bem no fundo da mente do "Filho da Perdição", quando ele freneticamente procurar matar todos os judeus na terra.

O remanescente de um terço, que será protegido por Yaohu, constituirá o Israel quando Jesus retornar nos ares, e eles o louvarão, exatamente como predito em Zacarias 12:10b.

Esse futuro Israel cristão é aquele que recebe meu apoio, como também deve receber o seu. Não quero nenhum relacionamento com a atual liderança judaica, que está totalmente vendida aos Illuminati.

Como já declarei muitas vezes em outros artigos, a Maçonaria global iluminista está absolutamente comprometida com a reconstrução do Terceiro Templo no Monte do Templo. Embora a citação anterior mostre como o Plano prevê a construção do Templo sobre as ruínas do Domo da Rocha, este próximo segmento revela o quão entranhado o Terceiro Templo realmente está na lenda e no propósito global maçônicos.

Monumento Maçônico - Israel
"De todos os objetos que constituem a ciência maçônica do simbolismo, o mais importante, o mais amado pelo maçom, e de longe o mais significativo, é o Templo de Jerusalém. A espiritualização do Templo é o primeiro, o mais proeminente e o mais penetrante de todos os símbolos da Maçonaria... Tire da Maçonaria sua dependência em relação ao Templo; exclua de seu ritual todas as referências ao edifício sagrado e às lendas e tradições relacionadas com ele, e o próprio sistema decairia e morreria de vez..." [Encyclopaedia of Freemasonry, de Albert Mackey, Grau 33 e Charles T. McClenachan, Grau 33, Revised Edition, de Edward L. Hawkins, Grau 30, e William J. Hughan, Grau 32, volume II, M-Z, publicado pela The Masonic History Company, Chicago, Nova York, Londres, 1873, A. G. Mackey, 1927, pela Masonic History Company].

Permita-me repetir a compreensão crítica que o afamado autor maçom do Grau 33, Albert Mackey, acaba de fornecer:

"Tire da Maçonaria sua dependência em relação ao Templo; exclua de seu ritual todas as referências ao edifício sagrado e às lendas e tradições relacionadas a ele, e o próprio sistema decairia e morreria de vez..." [citação extraída do artigo N2417, "Nítida Redução do Apoio a Israel Está em Curso na Atual Administração Obama.].

Agora você percebe que a reconstrução do Terceiro Templo é tão importante para os Illuminati que eles nunca permitirão que Israel seja completamente aniquilado. A destruição do pequeno Israel será grande, mas o resultado final é que Yaohu continuamente preserva Israel da aniquilação total. A profecia bíblica está sendo cumprida literalmente nas notícias diárias. [www.espada.eti ]

0 comentários :

Blogger Template by Clairvo